O Concelho de Mafra tem uma importante  ligação entre a Capital e o Oeste,  situado na Área Metropolitana de Lisboa, faz fronteira com os Municípios de Loures, Sintra, Torres Vedras, Sobral de Monte Agraço e Arruda dos Vinhos.

O Concelho divide-se em 11 freguesias (Carvoeira, Encarnação, Ericeira, Mafra, Milharado, Santo Isidoro, União das Freguesias da Azueira e Sobral da Abelheira, União das Freguesias da Enxara do Bispo, Gradil e Vila Franca do Rosário, União das Freguesias de Igreja Nova e Cheleiros, União das Freguesias da Malveira e São Miguel de Alcainça e União das Freguesias da Venda do Pinheiro e Santo Estêvão das Galés), dispersas por uma área de 291 km2.

A zona litoral do concelho de Mafra é formada por arribas rochosas. No entanto, é justamente nas pequenas baías, que se formam ao longo da costa, que podemos encontrar as suas famosas praias, na sua maioria localizadas na freguesia da Ericeira, pitoresca vila piscatória. Associando a beleza natural à forte concentração de iodo, 11 km de costa fazem desta zona um destino turístico por excelência, que se distingue também pela realização de importantes provas de surf.

(Informações do site da Câmara de Mafra)

Mais informações aqui!

O que visitar

Basilica, Palácio Nacional de Mafra (Mafra National Palace), Mafra, Portugal

Palácio Nacional de Mafra - Os carrilhões, o zimbório (posterior a 1730), a magnífica Biblioteca (apenas a 3.ª em importância das que D. João V mandou constituir), a impressionante colecção de paramentaria, a Sala Elíptica, a Capela dos Sete Altares, o Jardim do cerco, a tapada, o terreiro… são pontos essenciais a descobrir e a conhecer. Extintas as ordens religiosas e implantada a República, o conjunto transfigurou-se e alberga, hoje, uma das mais míticas memórias do exército português, assim como um dos mais notáveis Palácios Nacionais, instituindo-se como marca identitária inconfundível de Mafra, mas também do próprio país.

(informações do site da Câmara de Mafra)

Tapada_Nacional_de_Mafra_1(2)

Tapada de Mafra - Criada no reinado de D. João V, após a construção do Convento de Mafra, como parque de lazer para o Rei e a sua corte, a Tapada Nacional de Mafra possui 819 hectares integralmente protegidos por um muro histórico com 21 km.
A floresta ocupa quase a totalidade do espaço e nela vivem em total liberdade populações de gamos, veados, javalis e diversas espécies de fauna selvagem.

(informações do site da Câmara de Mafra)

Web: http://www.tapadademafra.pt/

Jardim_do_Cerco_1

Jardim do Cerco - Localizado entre o Palácio Nacional de Mafra, o monumento ex-libris do Concelho, e a Tapada de Mafra, a maior zona natural murada a nível nacional, este jardim é o reflexo de uma perfeita articulação entre os valores arquitectónico e ecológico.
Como jardim barroco, o seu traçado contempla espelhos de água formados por cascatas e lagos; caminhos largos convidando à conversa e à contemplação; e ruas dispostas em simetria com o monumento.
Destaque igualmente para a nora, ainda em funcionamento, e para o Jogo da Bola, local concebido para o recreio no século XVIII.

(informações do site da Câmara de Mafra)

Galeria_Prado1

Centro de Recuperação do Lobo Ibérico (CRLI)  - foi criado em 1987, pelo Grupo Lobo, com o objectivo de providenciar um ambiente adequado para lobos que não possam viver em liberdade e, ao mesmo tempo promover acções de divulgação e sensibilização que informem o público sobre a verdadeira natureza do lobo.
O CRLI situa-se na freguesia do Gradil, no concelho de Mafra, a cerca de 30km de Lisboa.Possui um Programa de Voluntariado acessível a pessoas maiores de 18 anos e interessadas na conservação da vida selvagem e um Programa de Adoção que possibilita o apadrinhamento de um ou mais lobos, e assim contribuir para a sua alimentação e conservação. Para mais informações consulte www.lobo.fc.ul.pt/.

(informações do site da Câmara de Mafra)